quinta-feira, março 08, 2007

Jornalismo, profissão perigosa

Jornalismo, profissão perigosa, por João Bosco Mota Amaral.

Mesmo quando não há sinais de violência sobre jornalistas convém permanecer atento a quaisquer indícios limitativos, por via administrativa ou judicial.

Ler texto

8 comentários:

Paulo Reis disse...

As minhas desculpas por colocar aqui informação sobre um tema que não está relacionado com este post! Mas julgo que é um assunto que vos poderá interessar...

Gazeta Digital (http://gazetadigital.blogspot.com/)

DESTAQUES DAS NOTÍCIAS PUBLICADAS NA IMPRENSA INGLESA SOBRE A ACTUAÇÃO DAS POLÍCIAS PORTUGUESAS NA INVESTIGAÇÃO DO DESAPARECIMENTO DE MADELEINE MCCANN

+++++++++++++++++++++++++++++++++++
O RETRATO-ROBÔ FEITO PELA POLÍCIA PORTUGUESA É APENAS O DESENHO DE UM OVO COM ALGUNS RISCOS NO TOPO, A FAZER DE CABELO (IMAGENS PUBLICADAS PELO DAILY MAIL E TELEGRAPH.COM)
Telegraph.com
Daily Mail
[May 10 - 2007]
"[…] Staff at hotels, restaurants and bars in Praia da Luz where the McCanns are staying, and nearby towns, have been shown […] a computer-generated image which looked like "an egg with hair. […]Simon Russell, 40, a half-English, half-Portuguese video store owner said yesterday that he was visited by officers who showed him a computer-generated image which looked like "an egg with hair".(...)

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

MARTIN BRUNT (JORNALISTA DA SKY NEWS): "MAIORIA DAS NOTÍCIAS SOBRE MADELEINE MCCANN PUBLICADAS PELOS JORNAIS PORTUGUESES SÃO "CULHOES"..."
[May 13, 2007] "
(...) I'm having to rely for information on the local Portuguese Press whose accuracy is sometimes highly questionable. One paper seems to have good contacts. The rest of the stuff is best described as "culhoes". In neighbouring Spain that would be "cojones." Each morning, with the help of a translator, I have to pick my way through the minefield of flyers.(..)

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

OPINION
Martin Brunt: another howling blood-thirsty British tabloid journalist, willing to kill – or let someone be killed – to have a story (*)
By Paulo Reis
Adolf Hitler didn’t managed to conquer Great Britain during the II World War, but some nazis took control over a few newspapers, until today...
By Paulo Reis

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Paulo Reis
Jornalista (Carteira Profissional nº 734)
pjcv.reis@gmail.com
Yahoo Messenger: pjcv_reis
Windows Live Messenger: pjcv_reis
Gazeta Digital
(http://www.gazetadigital.blogspot.com/)

disse...

Antes de mais parabéns pelo blog!
Continue com o bom trabalho!
Convido-o agora a visitar:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Futebol e política num só!
Já agora se quiser adicionar à sua barra de links laterais esteja à vontade para o fazer!
Obrigado!

Fernanda Resende =';'= disse...

Olá, boa noite...

Meu nome é Fernanda Resende, sou uma quase jornalista ;)...
Andei dando uma bisbilhotada no seu blog e só tenho a dizer que tá ótimo... gostei das suas escritas...

Além do blog Fala Aí, tenho um especializado em comunicação: jjemfoco.blogspot.com

Vou voltar mais vezes...

Beijaooo...

Brasil Empreende disse...

Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem de hoje: Jornalismo Globalizado: Um esforço alto a ser reconhecido. Aproveite pra participar das enquetes para escolher os protagonistas de 2009.
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.

Isa. disse...

Olá, Me deparei com o seu blog enquanto tentava buscar na internt informaçoes sobre "Jornalismo".Eu ainda sou estudando do ensino médio, e desde o ensino fundamental..tenho vontade de ser jornalista.Porém enfrento muito preconceito(acredite, somente de dizer que QUERO SER já enfrento preconceitos)Muitos dizer que não dá nenhum tipo de futuro,outros dizem que tenho potencial para seguir outras profissoes, mas só me interesso por jornalismo! Tenho um blog, caso queira dar uma olhada...Ele já foi duvulgado em uma revista adolescente http://picoledemelancia.blogspot.com
Todo lugar em que eu recorro, só vejo jornalistas desempregados ou falando sobre um suposto 'fim do jornalismo' Nao estou desanimando, mas tambem sei que caso escolha esta profissao, terei que viver com ela o resto de minha vida. Me ajude.

Daniel disse...

Eita ... ainda bem que eu trabalho com informática !

Anónimo disse...

Realmente, o jornalismo é uma profissão perigosa. No entanto, acredito que uma graduação em uma instituição de referência pode contribuir para a diminuição de tais fatores negativos. Uma bela alternativa em Brasília é contar com o IESB. De fato pode contribuir muito.

Jornalismo UGB disse...

Seu estilo é bem original e rebuscado numa percepção individual que nos submete a uma autenticidade no que faz. Surreal!

Parabéns!